Create a Joomla website with Joomla Templates. These Joomla Themes are reviewed and tested for optimal performance. High Quality, Premium Joomla Templates for Your Site

AGENDE CONSULTA - LIGUE (11) 5543-1612/5093-4512 - WhatsApp: (11) 98385-8841

Hipotireoidismo: diagnóstico e tratamento

 

O QUE É?

A tireoide é uma glândula localizada na parte anterior do pescoço, à frente da traqueia e logo abaixo da cartilagem tireoide. Ela produz dois hormônios conhecidos como como T3 e T4 e que são os responsáveis pelo METABOLISMO do corpo, ou seja, pelo modo como o organismo armazena e gasta ENERGIA. Ela também influencia o metabolismo ósseo, o controle do colesterol e a regulação da temperatura corpórea.

Quando a TIREÓIDE funciona muito e produz hormônios em excesso, chamamos de hipertireoidismo. Quando funciona pouco, denominamos hipotireoidismo.

hipotireoidismo diagnóstico endocrinologista

O HIPOTIREOIDISMO é uma das doenças endócrinas mais comuns. Acomete mais as mulheres e a incidência aumenta com a idade. A tireoidite autoimune (tireoidite de Hashimoto) é a principal causa de hipotireoidismo adquirida, seguida pelas causas de destruição da glândula (pós tireoidectomia total ou iodo radioativo).

Alguns medicamentos muito utilizados no tratamento de doenças cardíacas (amiodarona) ou psiquiátricas (lítio) também podem influenciar na função da tireóide sendo recomendado o controle de rotina da função tireoidiana nesses casos.

SINTOMAS

Os principais sintomas são ganho de peso, fadiga, fraqueza, intolerância ao frio, pele seca, obstipação, formigamentos, bradicardia, lentificação do raciocínio, perda de memória e sintomas depressivos.

Nas mulheres pode causar irregularidade menstrual, infertilidade, risco aumentado de aborto e parto prematuro.

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico pode ser rapidamente confirmado com exames laboratoriais, através da dosagem dos HORMÔNIOS TSH e T4L, T3 total e T3L. Em algumas situações a dosagem do T3R pode ser utilziada.

A dosagem dos auto-anticorpos (anti-tireoglobulina e anti-tireoperoxidase) e o ultrassom de tireóide ajudam na definição da causa do hipotireoidismo.

Entretanto, diversos estudos demonstram que as dosagens hormonais não são completamente fidedignas. Diversos pacientes com falta de hormonio tireoidiano tecidual (intracelular) e sintomáticos podem apresentar exames sanguineos completamente "normais". Os sintomas nessas situações devem ser levados em consideração pelo médico. 

 

TRATAMENTO

O tratamento é realizado com a reposição hormonal do hormônio tireoidiano (T4) - levotiroxina. Geralmente é recomendado o seu uso pela manhã e em jejum. O uso do T3 - triiodotironina - pode e deve ser utilizado em diversas situações, com melhora significativa dos sintomas.

 

tratamento levotiroxina hipotireoidismo endocrinologista

 

Saiba mais sobre:

Nódulos da Tireóide

Hipertireoidismo - diagnóstico e tratamento

Deficiência de Vitamina D

Hiperparatireoidismo Primário

 

Na CONSULTA COM O ENDOCRINOLOGISTA tire as suas dúvidas e informe-se. A informação é um importante remédio para uma vida mais saudável!

Email

Consultórios

 

Clínica Instituto Aster

Unidade Campo Belo - Brooklin
Rua Paiaguás, 152
www.astermedicina.com.br

Hospital Israelita Albert Einstein

Unidade Perdizes - Higienópolis
Rua Apiacás, 85 3º andar
www.einstein.br

dr rodrigo bomeny

Conteúdo de caráter informativo. Consulte sempre um endocrinologista.

Copyright © Dr Rodrigo Bomeny. Todos os direitos reservados.

Endocrinologista SP - São Paulo - Zona Sul e Zona Oeste

Endocrinologista USP - Coaching em Saúde e Emagrecimento

instagram

Siga no Instagram: @dr.rodrigobomeny

Site criado por Empório de Sites e otimizado por Agencia Digital